29 de dez de 2006

FELIZ 2007 !!

Bem amigos, não fugindo ao meu propósito, estamos no finalzinho do segundo tempo de 2006, e já podemos festejar a conquista de mais um título do maior time de estrelas e craques do planeta que é o nosso tão sofrido Povo Brasileiro Esporte Clube, o Pobrasec.

O time conquista mais um troféu e merece todas as honras e méritos, principalmente, pela garra, catimba, vontade, disposição, insistência e amor à camisa.

Contra seus adversários, o Pobrasec fez uma excelente marcação homem a homem, dominando as partidas e ainda driblou, fez gol de placa, de chaleira, de trivela e até de bicicleta.
Mostrou ao mundo como jogar 90 minutos numa velocidade alucinante, cinco vezes por semana, durante o ano inteiro e sagrar-se campeão absoluto disputando com feras furiosas e vorazes como: o Clube dos Impostos e Taxações, o temido Clube Amigos dos Banqueiros, Clube dos Sanguessugas, Esporte Clube Multas de Trânsito, Grêmio Recreativo dos Parlamentares, Unidos do Menor Salário Mínimo, Clube da Burocracia Nacional, Clube da Impunidade, todos da divisão principal. Imaginem os times das divisões inferiores!

Tudo isso sem patrocínio, sem chuteiras da Nike, somente com os pés no chão. Com as sobras das camisetas eleitorais, aquelas que servem de pijama, improvisamos nossos uniformes. A bola, feita artesanalmente como na Bahia, uma câmera encordoada, resistiu a todas as bicancas desferidas pelas chuteiras douradas de nossos adversários e até mesmo contra as "arbitrariedades" dos homens da capa preta.

Os irmãos Freitas, dois craques que souberam suportar todas essas "adversidades" e por um tempo bastante longínquo, servem como exemplo de vida e persistência para encarar o próximo campeonato do Ano Novo que virá, talvez, apresentando novos componentes advindos da divisão de acesso como o Esporte Clube Apagão, o PCC Futebol Clube e o Grêmio Recreativo CV.

Wilson e Orlando, ícones do nosso futebol, merecem a minha homenagem especial por todas as agruras sofridas pelos pretensos "benfeitores". Suas histórias serão contadas, dentro em breve, no blog da Várzea Santista.



Wilson (88) - Gigi (45) e Orlando (86)


Wilson (88 anos) e Orlando (86 anos).

Um Feliz Ano Novo e um grande abraço a todos .

FELIZ NATAL A TODOS !!

SAÚDE .............é o que basta!!

Abraços festivos do amigo Gigi.

GRUPO MAIONESE

Reuniram-se, nesta última 4ª. feira, dia 20, na sede da OAB no Morro da Nova Cintra, os já conhecidos e esfomeados componentes do Grupo Maionese. Após a partida de confraternização, realizou-se o tradicional churrasco, só que desta feita, executada pelo cover do Lambreta que não deixou nada a desejar. Como sempre, o Jorge comandou a orquestra dentro e fora de campo, tendo o Gilberto como seu assecla. Usei o termo esfomeados para dizer que se alguns do grupo jogassem bola como comem..... Ah, seria uma maravilha !

O Melo como sempre, preocupado com o" Retorno de Jedi", e, portanto, firme na arrecadação. Mas, o importante é que teremos a presença do seu irmão em nosso convívio, muito em breve. A festa teve presença maciça, assim como o tamanho da cabeça do Sérgio, com nada menos que 25 pessoas. Vejam as fotos abaixo, e boas festas a todos!


Abraços do Gigi

22 de dez de 2006

Fotos da Festa - Grupo Maionese

Nada como ser amigo do chefe

Tanta pista livre e Congonhas congestionado


Um dia acabo aprendendo

Tom e Jerry

Fotos - Grupo Maionese

Aqui não tem pra ninguem

Aqui....só tem craque!!


Por isso ele tem as costas quentes!

Fotos da festa

Quase que o cabeção estraga a foto.

Nosso churrasqueiro- mor recepcionando Canavaro


Os Fora da Lei da cozinha- Dedé, Gabriel, Melo, Milton, Lambreta,Freitas, Carlinhos e Joaquim


Roberto Carlos, aliás Dedé, e Gigi


Lambreta chorando pq lhe tiraram o espeto

13 de dez de 2006

PESQUISA - O Craque de Ouro!!


Muito em breve, o Blog da Várzea Santista , fará uma pesquisa entre os internautas para a escolha do melhor jogador da várzea , a partir de 1950.
O eleito será denominado como o "CRAQUE DE OURO", e a sua história será divulgada pelo blog, portanto conto com a sua participação.
Insisto na importância de reconstruir, manter e preservar a nossa memória esportiva.
Abraços do Gigi




11 de dez de 2006

FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO DA OAB DE SANTOS


Está de parabéns o Betico pela organização da festa. Sempre atencioso e solícito no atendimento aos mais esquecidos... Todo jogo acontece a mesma coisa:
-Pô... Betico, dá pra arrumar um par de meias... outro..esqueci o calção, e um mais abusado: não tem uma cuequinha por aí não? E assim por diante, dentro de uma cordialidade que faz lembrar o seu pai.

Como primeiro jogo apresentou-se o Grupo Maionese, que joga " TODAS" às 4as. feiras na sede da OAB, no Morro da Nova Cintra, com os times Laranja e Preto.

Desta feita, Roberto Freitas quis dar o troco do ano passado e acabou escalando, ao seu bel prazer, o time Preto. Um descaramento total, mas como o feitiço vira contra o feiticeiro, o meu time o Laranja, jogou contra tudo e contra todos, e acabou vencendo por 1x0,gol do Rafael. Nem o Rodrigo pressionando, e nem mesmo o Zé Maria no apito dando um empurrãozinho, conseguiram. Na verdade o placar moral da partida foi de 7x0 para o time Laranja. portanto, quem desandou no Grupo Maionese foi o time do Freitas.
O time Laranja jogou com: Bartolomeu, Pé descalço (Arthur), Samuel e Tadeu. Gigi (depois Terto), Cid e Beto (Alexandre Bolinha). Marcelus, Rafael e Melo.
O time Preto com: Ciro, Bezerra (Rodrigo), João, Walter e Gabriel. Beto, Gilberto e Jorge. Gileno e Washington.

No 2º jogo, a OAB de Santos não resistiu à superioridade da OAB Centro, de São Paulo, e perdeu por 2x1, não é à toa que eles são tri-campeões do Estado. Jogaram, pela OAB de Santos, os craques Carlos Júlio e Cobra autor do gol de penalty na falta sofrida pelo ansioso Cristian, que sequer dormiu á véspera do jogo chegando ao estádio às 6h da manhã. E pela OAB Centro se destacaram: Renato (ex-atleta da OAB de Santos) e Marcelo Bola que foi autor dos dois gols, sendo um de penalty.
E no jogo de fundo, numa mescla de jovens e veteranos, jogaram os Juizes de Direito versus a OAB de Santos, saindo-se vencedor, mais pela sua juventude, a OAB de Santos pelo escore de 2x0, com destaque para o mais velho do time, o vovô Bertolotti, com seus cinquentinha.
Pelo time dos Juízes desfilaram: Marrone, Maia, Sandro, Afonso, Laércio, Sérgio, Paulo, Edu e com destaques para Luciano (filho do meu querido amigo Juninho excelente craque do passado), Everaldo e Cláudio Zidane Godoy. A propósito, é incrível a semelhança entre o Cláudio e o Zidane, tanto na bola como na aparência, e alguns até brincavam ...ele puxou a mãe. Logo saí em defesa de seu pai meu amigo Carlito que será, em breve, um dos homenageados no meu blog: Os "Fora de Série" e os "Fora da Lei.
Prestigiando o evento meu estimado amigo Bariri, como sempre com preguiça de jogar, aliás, uma característica de todo craque.

Abaixo voce confere as fotos.

Abraços do Gigi.

Festa da OAB - Santos

Alan, Milton, Claudio e Bariri

Betico e Jorge.


Bariri, Gigi e Alan.

Festa da OAB - Santos

Giba, Cirilo, Veloso, Vasco, Jorge e Norberto

Betico (o organizador) e Gigi

Quem diria eu abraçado com "eles" !


Juizes e Promotores.

Festa da OAB - Santos

Melo e Rodrigo (Presidente da OAB)

Grupo Maionese

A hora mais difícil.

Maionese na maionese...

Eu no 2º tempo dando uma de Luxemburgo

Festa da OAB - Santos

João, Freitas, Walter, Melo, Gilberto e um bicão atrás

João, Lambreta, Laurindo ( o maior Presidente dos Veteranos do SFC - deixou em caixa CR$ 2 milhões) e Freitas


Marcelus.....na pretensão!!

Cid

Festa da OAB - Santos


Marcelus

O terror das defesas -Marcelus e Melo


Melo,Beto, Gigi e Gilberto

Festa da OAB - Santos

Uma ruma de quero-quero!!

Time Laranja..."o vencedor"


Walter Tavares

Eu de novo com "eles".....é mole? O Zé Maria até estranhou...

Festa da OAB - Santos

Comes e Bebes...muito bom


Ricardo Bertolotti e seu neto, aliás seu filho



Ricardinho agora com seu filho

Lalá e a PAP´S.... mais uma história de sucesso santista!



Nascido na Lapa -Paraná para o mundo, Carlos Pierin, o Lalá, chegou ao Santos Futebol Clube em 1959. Atuou até 1962, convivendo com as grandes feras e participando de grandes momentos e conquistas do Peixe.

Nossa cidade o encantou a ponto de em 1968, após jogar cinco anos no México e passar pela Venezuela, retornar ao Clube e à cidade que o projetara. Mesmo atuando no Paulista de Jundiaí e na Portuguesa de Desportos, já residia em Santos. Casou-se com D. Ana Lúcia, e observando o futuro que se apresentava não hesitou em empreender uma grande novidade.

Nascia na Av. Epitácio Pessoa o primeiro lava rápido de Santos, o PAP´S LAVA CAR.

Em 1971, junto com seu amigo e sócio Araras , abriram uma filial que logo ficou conhecida na cidade inteira como ponto de encontro dos jogadores, amigos e atletas de Santos, na Av. Ana Costa, em frente ao Cine Iporanga.

Com o objetivo de aproveitar o grande número de amigos e clientes que freqüentavam o lugar, inicialmente abriram uma lanchonete, mas a grande idéia veio em seguida.

Após formar-se na primeira turma da Faculdade de Educação Física de Santos, a FEFIS, efetuou um trabalho de vanguarda, para a época, atuando no Santos F.C. como Preparador de Goleiros. Junto com o comando de "Seu" Chico Formiga, sagraram-se Campeões Paulistas como os "Meninos da Vila".

Sempre antecipado ao seu tempo, decidiu que era hora de optar e resolveu abandonar os gramados para atuar no comércio. Nascia a PAP´SPORT.

Com muito empenho, a loja ficou conhecida em toda a cidade e já teve filiais em vários pontos distantes, desde Cubatão, Praia Grande até os shoppings da cidade.

Enquanto o mercado varejista se mostrava intranqüilo, estruturou ao lado da família novos campos de atuação, sempre na área esportiva. Hoje, conta com sua própria confecção esportiva, que atende sua loja e outros clientes, e ainda atua diretamente em todo o país apresentando equipamentos e acessórios esportivos para clubes e academias.

Neste último mês, inaugurou sua nova sede, ali no Boqueirão, na Rua Bento de Abreu, 60, onde tem recebido a visita de clientes e amigos. Em uma nova loja, toda preparada pra atender este exigente público, ele se diverte recebendo os amigos e trocando histórias da bola.

O importante deste relato é informar aos amigos, além da nova "casa", mais um pouquinho da história deste paranaense, santista de coração, que aqui formou sua família e escreveu sua vida, acreditando sempre no potencial de sua cidade.

Viva Santos !!!

Lalá e Gigi

A simpatia em pessoa: meu amigo Lalá.





Abraços do Gigi

PAP´SPORT - Rua Bento de Abreu 60 -Boqueirão

Interior da loja

Lalá, Lia, Gabriel e Carlos Julio.

Lia, Lalá e Tom.

Elza com seu atendimento nota 10