26 de abr. de 2007

Bate bola com Araras



Em entrevista exclusiva para este blog, meu amigo Araras revelou algumas particularidades interessantes a respeito de sua vida pessoal e profissional.

Blog: Atualmente, quem é o melhor jogador de futebol?
Araras: Gosto muito do Alex, ex-Palmeiras e Cruzeiro, hoje jogando na Turquia.

Blog: A diferença do futebol brasileiro para o estrangeiro
Araras: A hegemonia do futebol sempre foi nossa, portanto os jogadores brasileiros são bem superiores aos estrangeiros. Haja vista, sempre a presença de jogadores brasileiros na disputa do troféu de melhor do mundo.

Blog: Sobre a extinção da várzea, qual a sua opinião?

Araras: O fim do craque. As condições dos gramados, as disputas que eram quase sempre acirradas, o pé no chão, enfim, isso tudo contribuía para o aprimoramento do craque.
Blog: Um jogador que você viu na várzea e que te agradou?
Araras: O excelente Denílson, com 13 anos jogando nos cafundó de Diadema.
Blog: Algum arrependimento?
Araras: O único arrependimento foi não aceitar jogar no Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, quando da minha transferência para o Rio.
Blog: Seu filho não quis seguir os seus passos?
Araras: Queria, e muito, mas faço aqui a minha “mea culpa”, pois acabei sendo relapso com meu filho Rodrigo.
Blog: Um jogo inesquecível da sua carreira?
Araras: Foi o gol que marquei na vitória do Independiente sobre o Racing por 1x0 na Argentina. Roubei a bola de Perfumo e fiz o gol no Cejas, dois monstros sagrados do futebol mundial.
Blog: Se não fosse jogador de futebol, qual a carreira que seguiria?
Araras: Adoro Medicina..

Blog: Na sua carreira: qual a maior alegria e maior decepção
Araras: Minha maior alegria foi na partida contra a Ferroviária jogando pelo Noroeste (4x1), em Araraquara. Fiz os 4 gols da vitória. Decepção: nenhuma.
Blog: Um sonho não realizado
Araras: Não ter tido oportunidade de jogar naquela equipe do Santos F. Clube, considerada a melhor de todos os tempos. Eram muitos os craques.
Blog: O que é impossível para você?
Araras: Para mim, nada é impossível. Sempre encarei todos os percalços da vida como um atacante, e é isso que tenho feito até agora. Sou um lutador. E, aguardem que estou para fazer mais um gol.
Blog: Após tantos anos jogando bola, qual a lição que fica?
Araras: O esporte me deu entusiasmo, coragem, força, enfim... Foi a minha vida.
Blog: Na verdade, o que diferencia um matador?
Araras: Garra, predestinação e ter o ego muito afilado.
Blog: Um conselho para os futuros atacantes
Araras: Hoje o futebol é mais dinâmico, portanto, o sucesso para qualquer jogador de futebol está no preparo e condicionamento físico. É preciso cuidar-se muito, ser consciente da sua responsabilidade profissional, instruir-se para poder gerir seus próprios negócios, e consequentemente, se livrar do clã dos procuradores para não ficar dependentes dos mesmos.
Blog: Um fato pitoresco da sua carreira
Araras: Um fato bastante pitoresco foi quando, numa excursão dos veteranos do Santos F. Clube sob o comando do meu amigo Lalá, fui substituído pelo chofer do ônibus. Até o Joel – Gogô, ficou inconformado, e acabamos ficando sem falar
com o Lalá por um tempão.

Blog: Para que time você torce?

Araras: Santos Futebol Clube.




Abraços do Gigi.




Um comentário:

ALVARO GALINDO disse...

SEM COMENTÁRIOS...APENAS, ELOGIAR O TRABALHO, O ESFORÇO DO GIGI, PELA INICIATIVA DESTE BLOG, ONDE PARTICULARMENTE ME DELICIO EM PODER SABER UM POUCO MAIS A RESPEITO DOS AMIGOS COM OS QUAIS CONVIVI EM SANTOS E AGORA COM SAUDADES (ESTOU FORA DE SANTOS HÁ PELO MENOS VINTE ANOS)E A CADA MATÉRIA ME EMOCIONO COM AS NOTICIAS, FOTOS E NESTA ULTIMA COM O ARARAS...UM FORTE ABRAÇO AO ARARAS,(QUE DEUS O ABENÇOE E O GUARDE), EXTENSIVO AO GIGI BEM COMO A TODOS OS LEITORES E PARTICIPANTES DESTE BLOG