24 de fev de 2009

Um caos chamado Pelé


Este título com certeza deve estar assustando a quem o lê. Mas, para tudo existe uma explicação. Outro dia estava conversando, pra variar, com uma dupla da antiga: os irmãos José e Jair Espinosa (foto), dois grandes atletas do passado, naquele cantinho da saudade na praça Mauá. Além disso, tenho guardado em minha memória muitos feitos daqueles maravilhosos jogadores com quem eles conviveram no passado, tanto no futebol como no voleibol e o basquete.

A volta do Trio de Ferro


Já por muitas vezes contei sobre os velhos tempos e as peripécias do chamado “Trio de Ferro” que deitava e rolava dentro da Federação Paulista de Futebol. Até que passados todos estes anos, eis que ressurge das cinzas e volta a comandar de novo.São Paulo, Palmeiras e Corinthians neste paulistão estão à vontade e protegidos pelo apito amigo nos supostos enganos de arbitragem. (continuar lendo......)

Maracujá de gaveta


Se você quiser continuar a ler, tudo bem! Pois o assunto não é futebol e sim sobre política. É aquela “cosquinha” que me dá de vez em quando diante de tantas adversidades, aberrações e indignidades acontecidas ante um panorama que considero ultrapitoresco, assim como um show circense. A velha história do blá,blá,blá dos políticos. Poderia narrar aqui inúmeros fatos acontecidos que menosprezam a nossa capacidade intelectiva.

9 de fev de 2009

Discos em Frankfurt - 1960

Leia a coluna do querido Pepe - o Canhão da Vila - clicando aqui

3 de fev de 2009

A sina do "Pé Murcho"

Santos e São Paulo estão fadados a amargar o azar do “Pé Murcho”. Explico: o Pelé fez 1300 gols, o Romário 1000, o Zico, Roberto Dinamite, Pepe, Pagão, Coutinho, Tostão, Dadá Maravilha, enfim poderia preencher toda uma lauda para completar uma gama de autênticos artilheiros e afirmo com toda categoria que..... (clique aqui para continuar)

Trio Machunenê mais entrosado


O trio Machunenê - Márcio, Chulapa e Nenê - mostram, a cada jogo que passa, mais entrosamento do que a própria equipe de futebol. Isto porque, já assimilaram os problemas técnicos de cada elemento do elenco. Clique aqui para continuar

Kaká ... uma história atual

Muito tem se falado a respeito de uma possível transação milionária do jogador Kaká para um time que tem apenas o “capricho” de um mega investidor, dono de poços de petróleo na Arábia Saudita. E o mais triste é o que a imprensa vem dizendo. (ler a crônica completa)