13 de ago. de 2009

Desmanche corintiano

A debandada geral é um “fenômeno” muito comum nos clubes de futebol de hoje, principalmente aqui no paraíso das “Republiquetas das Bananas”, onde os bananas somos nós. A má gestão dos dirigentes dos “pretensos” clubes empresas, as inúmeras interferências de empresários, patrocinadores, procuradores, agenciadores, enfim, um clã formado por esses intermediários que, além de deixarem os clubes em situações financeiras complicadas, os deixam também reféns de seus próprios atletas.
Em função disso, os chamados clubes grandes, na condição de emergentes que são, fazem verdadeiras loucuras para se manterem no pedestal da glória e dar satisfações aos seus associados, principalmente à chamada “torcida uniformizada”, que hoje merece um capítulo à parte pela violência em suas manifestações. Este sim é outro assunto que deveria ser estudado com muito carinho por todas as autoridades envolvidas com o esporte.
O acontecido recentemente com o Santos Futebol Clube no que concerne à contratação do Luxemburgo e a debandada no Corinthians, que, aliás, já estava previsto e com certeza o obrigará a fazer loucuras para se manter no topo, são provas cabais de insanidade administrativa.Espero que com tudo isto haja racionalidade e entendimento para que se possa atingir, em breve, a maturidade. Maturidade esta, que o futebol europeu já possui há um bom tempo.É aquela velha história, e ficamos sempre batendo na mesma tecla implorando “disciplina do ser humano”.
Abraços do Gigi

Nenhum comentário: