16 de nov. de 2009

Monografia da vida


Deveríamos criar para os velhos, após completar 70 anos, os mesmos critérios que adotados para os recém formados em faculdades. Seria o mesmo que defender uma tese, que nada mais é do que desenvolver algo sobre tudo aquilo que se aprendeu durante o curso. E, para nós velhos, a mesma coisa sobre o curso da vida e, para tal já me prontifiquei a defender minha tese. Parido que fui pelos anos 40 e, já com percepção dos idos 50, isto quer dizer de Getúlio Vargas para cá, vi e revi acontecimentos políticos.

Um comentário:

Waldemar Fernandes Serra disse...

Cada vez mais me sinto um peixe fora d´água. Ou dentro? Nem sei. Espero não ser o único leitor de seus comentários. Na real: já pensaste se ele tivesse 10 dedos? Apesar de aposentado continuo trabalhando, em familia, aliás como voce. Não tenho aposentadoria por invalidez, nem por ter sido contra o governo totalitário (sic) recebo gordas remunerações, tampouco guardo dolares nas cuecas. Orgulho-me de ser amigo dos meus amigos, ser leal, ser ético e uma de ter uma virtude (será que ainda existe) HONESTO..