25 de out de 2010

Confraria da corneta

Santos dá sopa para o azar, embora tenha mostrado em campo ser um time tecnicamente superior, acabou não revelando todo o seu poderio no placar, o qual poderia ter sido bem mais amplo. Preciosismo e alguma displicência caracterizaram a atuação de alguns jogadores, traduzindo-se em excessivo desperdício de gols.
Falar hoje do Paulo Henrique Ganso é, como se diz na gíria, chover no molhado, pois não há um periódico sequer que não deita elogios ao futebol que esse menino vem jogando. E eu que cheguei a ver os monstros sagrados do passado como......(leia mais clicando aqui)






Nenhum comentário: