25 de out de 2010

Procura-se um treinador


CBF faz verdadeiro suspense e decisão nos causa estranheza.

Fica no ar: Por que Muricy Ramalho recusou o convite? Assunto que ficará nos bastidores, e nós, os eternos panacas ficaremos lambendo a “interrogação”.

Veja o quanto é difícil saber o que se passa na cabeça da cúpula do nosso futebol.
Ou estamos imaginando e floreando demais esta notícia ou pode ter sido uma pura e simples recusa do escolhido. Mas, como macaca velha que sou, não consigo aceitar o simplismo dessa decisão. Portanto, há “algo de podre no reino da Dinamarca”.

A priori, quando do convite ao “Masca Chiclete” - é como o trato em minhas crônicas por ter o hábito de mascar chicletes -, Muricy Ramalho me pareceu uma feliz escolha pelo seu espírito dedicado e trabalhador, além de bom revelador de craques, mas com um temperamento e um gênio nada agradável. Já até me sentia com um “banquinho” nas mãos a espera de sua entrevista.

Pelo meu lado corneteiro e de anta que sou por acreditar em conspiração, segundo o Cabeção, desacredito da incompatibilidade sobre o aspecto político (leia mais aqui)

Nenhum comentário: