11 de jul. de 2007

O quarto poder

Até quando a nossa imprensa esportiva em geral vai continuar desrespeitando a nossa seleção? Ôrra gente! É dose, pra leão. É a ESPN, SPORT TV, BAND, GLOBO e até a rádio de Camanducaia desce a lenha no Brasil. O que é mais intrigante é que eles têm plena consciência de que a hegemonia do futebol é nossa, e não tem pra ninguém. Podem falar o que e o quanto quiserem. Enquanto o mundo inteiro nos reverencia pela alta técnica e habilidade inata dos nossos jogadores, nós brasileiros os criticamos. Esta seleção que disputa a Copa América, todo o seu plantel é oriundo dos melhores clubes do continente. Com certeza os mandatários desses clubes, donos de seus passes, estão super apavorados sabendo que seus afortunados craques estarão se defrontando com um Uruguai truculento comandado por Lugano, Perez e Cia. levando socos e pontapés, enfim colocando em risco os seus altos investimentos, além de contar com a subserviência de juízes ao jogo viril. É certo que Dunga se esforça ao máximo para sua própria queda, escalando “Fernandos” e “Afonsos” que sequer ouvimos falar, além de falhas gritantes quanto à tática empregada. Que esta roupa suja fique cá entre nós, porque só nós temos essa capacidade de avaliação. Mas convenhamos: disputamos esta Copa com o nosso segundo time, enquanto todos os demais com suas principais formações. Portanto, apesar de todos os erros, mais pela falta de entrosamento do que pela mediocridade como muitos da imprensa apregoam, estamos na final. DÁ-LHE BRASIL.
Abraços do Gigi

Nenhum comentário: